sexta-feira, 14 de junho de 2013

MORDE E ASSOPRA !!!


Nessa semana dia (12), o prefeito de Carnaíba Zé Mario inaugurou a praça denominada agora praça Tenente João Gomes de Lira no Bairro conhecido como Curral do Gado. O Tenente João Gomes de Lira que destacou em Carnaíba como Delegado e atuou como vereador, foi um dos combatentes do cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva (Lampião). Dois de seus filhos também foram parlamentares em Carnaíba; Roberval Lira e o Advogado Clóvis Lira. O curioso é que o atual gestor deixou para divulgar a inauguração da obra poucas horas antes, deixando assim muitos familiares do tenente de fora da homenagem, pois sem conhecimento da população de que a obra seria inaugurada poucas pessoas compareceram danificando assim portanto a memória do Tenente João Gomes de Lira que tanto fez por Carnaíba como por exemplo o resgate da história do compositor Zedantas, a Bandeira do município, o Busto do poeta Zedantas colocado na Praça Nossa Senhora de Lourdes e depois retirada para a Rua José Martins, a vinda com Rei do Baião Luiz Gonzaga à Carnaíba e muito mais, sem contar seu empenho como delegado e vereador do município. Portanto merecia respeito!

De quem foi a ideia? Porque fizeram isso? Quantas pessoas da família foram comunicados e quantos compareceram para homenagear o ente querido João Gomes de Lira?

Depois de "elogios" em um belo discurso acabaram divulgando a inauguração horas antes do evento com o objetivo de esvaziar o evento. Lamentável!!!

João Gomes de Lira nasceu na fazenda Jenipapo distrito de Nazaré aos 03 de julho de 1913, filho de Antônio Gomes Jurubeba (Pai Gomes) e Luciana Maria da Conceição. João Gomes foi casado com Gisélia Amaral de Lira, do casamento nasceram os seguintes filhos: Rubelvam Amaral de Lira; Hamilton Amaral de Lira; Antônio Gomes Jurubeba Neto; Ruberval Amaral de Lira; Clóvis Amaral de Lira; Cláudio Amaral de Lira; Maria Lúcia Amaral de Lira; Luciana Maria Amaral de Lira; Luciene Cristina Amaral de Lira; Gisélia Amaral de Lira Filha e Cristiana Amaral de Lira.João Gomes de Lira ingressou na Polícia Militar do Estado de Pernambuco em 16 de julho de 1931, com 18 anos de idade e logo integrou a volante que tinha como comandante o Cel. Manuel Neto que perseguiu Virgulino Ferreira da Silva, o "Lampião". O Ten. João Gomes fez parte do grupo que perseguiu o cangaceiros no Nordeste, em especial no Estado da Bahia. Outros ilustres "nazarenos" foram Manuel Neto, Euclides Flôr, Manuel Flôr, Odilon Flôr, David Jurubeba e tantos outros nazarenos.O Tenente João Gomes de Lira era o último remanescente ainda vivo da época do cangaço do dos bravos homens do povoado de Nazaré, hoje distrito bem habitado do município de Floresta Pernambuco.O ex-volante João Gomes de Lira, viveu parte de sua vida entre Nazaré/Floresta, e depois da morte do cangaceiro Lampião, foi destacar nos municípios de Afogados da Ingazeira, Iguaraci, Tabira, Carnaíba e Flores todas cidades do interior sertanejo de Pernambuco, onde foi delegado de polícia. Enquanto vereador de Carnaíba.João Gomes de Lira escreveu um excelente livro narrando sua vida e suas andanças em busca de cangaceiros, trata-se da obra "Lampião, Memórias de um soldado de volante", lançado no Recife, em 1990, pela Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco e Companhia Editora de Pernambuco.
Blog: O Povo com a Notícia
Fonte: Blog do Cauê Rodrigues